O Não Regresso

Imagem retirada da net
(https://dontgetserious.com/wp-content/uploads/2017/12/happy-new-year-2018-greetings.jpg)

Finalmente consegui um tempinho para cá vir! Como foi o vosso Natal?! Espero que tenha sido repleto de paz e amor na companhia da vossa família e daqueles que mais amam. A minha época natalícia foi bastante atarefada. Nem sequer mandei mensagens de boas festas a ninguém e só ontem é que consegui fazer o nosso postal de natal (eu sei, é vergonhoso!). Ainda não consigo perceber bem o que se passou mas não tive um minuto sequer para descansar. Trabalhei até ao último segundo. Sou o tipo de pessoa que gosta de ter tudo perfeito, e se por um lado me apetece deixar algumas coisas para segundo plano, o meu outro lado da balança teima em querer tudo equilibrado e por isso tem de estar tudo como deve ser. No fim do ano gosto sempre de fazer arrumações. Tenho por hábito manter tudo minimamente organizado, porém acaba sempre por ser preciso dar um jeitinho aqui ou ali. Depois, para além de querer tudo arrumado, também gosto de ter tudo limpinho para começar o novo ano com o pé direito. Não sou muito supersticiosa, mas os antigos diziam que devíamos entrar no novo ano com a casa limpa, caso contrário andaria suja o ano todo, e por isso eu prefiro não arriscar! Com crianças é ainda mais desafiante manter tudo limpo e arrumado, uma pessoa acaba de limpar e já lá estão eles a sujar, é uma luta diária! Apesar de tudo não me posso queixar, ajuda muito quando são habituados desde pequenos. O outro Natal foi passado com a família inteira, muita gente, muita criançada... muita trabalheira (mas muita alegria também)! Como este ia ser passado apenas com a malta cá de casa, e também com pais e sogros, achei que seria mais calmo. Mas não! Foi uma azáfama igual! Mesmo mesmo no limite, mas tudo saiu a tempo! Pois na minha mesa de consoada houve polvo à lagareiro, camarão, bacalhau de natas e lombo de porco recheado com ameixas, bacon e nozes. Para acompanhar houve migas de broa com couve e bacon, batata doce, salada e um couscous bem composto e festivo. Eu sei que no Natal há a tradição de se comer o bacalhau com todos, mas na verdade eu não acho muita piada! Sou uma pessoa de tradições, mas gosto de contornar esta! A consoada é só uma vez por ano e é uma noite tão especial que acho que merece uns pratos mais requintados! Se bem que é possível transformar o bacalhau com couves num prato mais bonito. Fi-lo uma vez na primeira consoada em minha casa, dispus tudo em camadas e foi muito apreciado pois parecia uma novidade! Ninguém suspeitou que era o típico bacalhau com couves só que apresentado de forma diferente. Também não gosto de fazer sempre a mesma coisa por isso vou variando todos os anos. Para sobremesa houve um pudim de coco merengado e uma espécie de tiramissú. Não aprecio particularmente o tiramissú mas decidi fazer uma adaptação que ficou um espetáculo. Depois houve ainda bolo de natal e os doces que preparei para esta quadra. De compra houve apenas bolo-rei e bombons. Até os licores foram feitos por mim. E a noite de Natal tem de terminar com a Missa do Galo. Para mim é a missa mais bonita do ano e sem ela o Natal não é a mesma coisa! E quanto ao peso?! Engordei apenas umas gramas, nada de relevante. Nem sequer se pode chamar de peso a mais, mas sim inchaço e retenção de líquidos. Na verdade não me empanturrei de comida nem de doces. Como já vos disse várias vezes, a minha tentação nesta época é o bolo-rei. Mas não vão acreditar se eu disser que em toda a quadra natalícia só comi 2 fatias de bolo-rei! É verdade! Este ano não me apeteceu! A minha perdição foram uns falsos mon-cheri da marca Dia! Sim, logo eu que não gosto nada de mon-cheri! E continuo a não gostar! Só que estes da marca Dia são muito melhores que os originais! São mesmo viciantes e posso dizer que ainda bem que já acabaram senão seriam a minha desgraça! O que vale é que o Natal é só uma vez por ano! Apesar de eu ter um estilo de vida mais saudável, acho que nesta época podemos e devemos cometer alguns excessos. Como disse o Natal é só uma vez por ano, e afinal a vida são dois dias, por isso sejamos felizes sem pesos na consciência de vez em quando! Bom, e agora devem estar a perguntar-se qual o significado do título do post. Creio que o blog fará uma pausa prolongada (para não dizer definitiva). Por dois motivos: Primeiro, toda a gente sabe o trabalhão que dá alimentar um blog, não sei se terei disponibilidade para continuar a fazê-lo. E logo eu que disse que daqui ninguém me tiraria! Poderia postar uma vez por mês mas isso não faz sentido para mim. Para mim só faz sentido se puder cá andar com regularidade. Adoro isto, é realmente algo que me dá muito gosto fazer, mas uma das resoluções para este ano é não andar sempre a correr que nem uma louca, e para isso acho que algumas coisas terão de ficar para trás, por muito que goste delas. Segundo, porque ao fim de 12 anos a minha máquina fotográfica decidiu pregar-me uma partida. Uma não; várias! Sempre trabalhou bem, gosto imenso dela, tanto que já cheguei a ter outra e desfiz-me dela porque apesar de ser mais recente, mais moderna e mais cara do que a minha, não tinha a mesma qualidade. Apesar de já estar "velhinha", fazia umas fotos nítidas e com uma cores vivas e naturais, mesmo como eu gosto. Este natal, subitamente começou a reiniciar cada vez que a ligava. Tive de configurá-la novamente não sei quantas vezes. A bateria também inchou e passou a não aguentar carga. Depois um dia fui tirar uma foto e de repente tudo o que eu tinha no cartão de memória foi à vida. E nunca mais as fotos ficaram com a nitidez de antes. E mais uma vez o meu lado perfeccionista quer fotos como deve ser senão não vale a pena. Gosto que as receitas venham acompanhadas por fotos com o máximo de qualidade que a minha ignorância permite. Sou do género que, em tudo o que faço, ou faço bem feito ou prefiro não fazer. Não sou perfeita mas sou perfeccionista! Ainda tenho algumas receitas nos rascunhos, que publicarei brevemente. Sinto-me muito grata por estes dois anos, pela minha evolução, por aquilo que conquistei, pelos desafios que superei e pelas pessoas que conheci ainda que virtualmente. Mesmo que não possa manter o blog, espero poder continuar a visitar os vossos cantinhos. Seja como for, desejo-vos tudo de bom para este novo ano que agora se inicia. E um bem haja a todos quantos me acompanharam e continuam desse lado, ao meu lado!
Feliz Ano Novo!

46 comentários:

  1. Apareça sempre que puder!!!
    Feliz 2018!
    A novidade de hoje é aqui:
    https://mgpl1957.blogspot.pt/2018/01/pensamentos-luz-das-velas.html
    bj

    ResponderEliminar
  2. Oh! Gostava muito de continuar a ter-te por aqui... Espero que seja apenas uma pausa e não um adeus definitivo. Um beijinho grande e Bom Ano :)

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma decisão que muito me custa e me entristece, acredita. Mas a vida é mesmo assim, feita de escolhas! Foi muito bom estar por cá! Beijinhos

      Eliminar
  3. Sei que será temporário, não vais conseguir afastar-te.
    Como sempre adorei ler o que escreveste, irei responder pela nossa via preferida.
    Até breve! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se será temporário mas que me vai custar, lá isso vai! Beijo

      Eliminar
  4. Oi Elisabete, bt!
    Engraçado que hoje quando eu estava preparando o almoço o meu pensamento foi exatamente esse. Realmente um blog de culinária dá bem mais trabalho que os demais, isso pq vc tem que preparar, arrumar, tirar fotos, editar corrigindo alguns erros, postar e além disso tudo, temos a nossa casa, a nossa família, amigos reais, sim, esses também merecem ser visitados em retribuição as visitas que nos fazem e infelizmente nossos dias só têm 24 horas.
    Eu também estou pensando em dar um tempo no blog, mas vou fazer questão de continuar com as lindas amizades que fiz e com toda certeza a sua estará entre elas.
    Bjsss amiga e não larga o blog de vez não, posta quando der e quando quiser pq seu blog é lindo!
    Ah, eu tenho em rascunho +- 300 receitas e por esse motivo ainda não tomei essa decisão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atrevo-me a dizer que os blogs de culinária são mesmo dos mais exigentes por todos esses motivos que você refere. Para quem vê de fora é sempre tudo lindo, fácil e cor de rosa! É daquelas coisas que, não havendo disponibilidade, é preciso ter muita paixão para conseguir manter. Eu sinto-me muito feliz por ter começado, e se tiver que terminar vou também muito feliz e orgulhosa pois há blogs que nem passam do primeiro mês! Beijinhos e obrigada por todo o carinho e por me ter acompanhado sempre!

      Eliminar
  5. Compreendo-te perfeitamente. Manter um blog dá mesmo muito trabalho e já nem estou a falar de questões como tentar ser cada vez mais o melhor, angariar seguidores, publicidade, ... Apenas manter um espaço simpático, com publicações interessantes e que agradem a quem nos visita já dá uma enorme dor de cabeça mesmo e requer tanto tempo. Testar receitas, fotografar, escrever o post, corrigir tudo, comentar o feedback dos nossos visitantes, etc, etc, etc, faz com que num instante já se tenham passado horas. E o pior é que nem sempre se está inspirado para fazer algo diferente e da cozinha só saem receitas bem simples (quem quer ver uma publicação de batatas-fritas com ovo e salada mista, por exemplo).
    Eu também tenho andado mais ausente do blog e as postagens diárias que tinha diminuíram mesmo tendo tantas receitas à espera para serem passadas para o computador. Mas lá está, o tempo e por vezes a falta de vontade faz com que tudo se atrase muito.
    Quanto a este cantinho cheio de receitas fantásticas, tenho muita pena que o abandones mas espero que não seja de vez e quando conseguires te organizar melhor voltes, nem que seja com 2 receitas por semana.
    Um grande beijinho desta tua amiga "virtual" nortenha aqui do continente, que espera ver-te ainda muitas vezes pela minha cozinha e quem sabe um dia ter a oportunidade de te conhecer pessoalmente (sim, um dia ainda irei aos Açores, está na minha lista de desejos). Muitos beijinhos e felicidades para ti e toda a tua família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto isto não é tão fácil quanto parece e admiro todos os que conseguem manter um blog. Nunca me preocupei muito com a questão dos seguidores, foram aparecendo gradualmente e nunca ambicionei ter centenas de seguidores. Tanto é que uma das melhores ferramentas para o conseguir é ter página de Facebook associada e nunca quis criar uma. Sei que isso me teria dado (muito) mais visibilidade mas eu estava aqui por gosto e por paixão. Pode ser contraditório, ter um blog para ser visto mas depois não me preocupar com que seja visto! Mas eu sempre me senti bem assim, poucos seguidores mas bons! De qualquer modo o nível de visualizações excedeu bastante as minhas expectativas e isso deixa-me muito contente e satisfeita! Como sabes, nestas andanças acabamos por criar mais afinidade com uns do que com outros, e sem dúvida que tu és uma das pessoas que me ficam no coração e partilho do mesmo desejo, poder um dia conhecer-te. Mas acredito que mais facilmente virás tu aos Açores do que eu ao Continente! Não é que eu não gostasse, mas por enquanto acho que não! E sempre que puder vou visitar a tua cozinha, sabes que gosto imenso das tuas receitas pois para além de deliciosas, são mesmo a minha cara! Desejo-te os maiores sucessos quer a nível pessoal, profissional e para o teu blog também! Um grande beijinho

      Eliminar
  6. É um cantinho que eu gosto muito de visitar, espero que seja uma "pausa" temporária e rápida!!
    Beijinhos e tudo a correr pelo melhor.
    Feliz Ano Novo.
    http://www.opecadomoraemcasa.eu/

    ResponderEliminar
  7. Querida Elisabete: embora dê muito gozo e se conheçam pessoas fantásticas, manter um blog não é fácil . Não é à toa que, de vez em quando, sinta a necessidade de fazer umas pausas.
    Gosto imenso de te visitar, pois adoro as tuas receitas alternativas e mais saudáveis, os teus textos muito bem escritos e as tuas fotos a que dedicas particular atenção. Quem se dedica assim com tanto empenho não pode ( não deve) parar. Fazer pausas sim, curtas ou longas, também, mas desistir não. Fazes falta neste mundo virtual, com a tua simpatia, amizade e carinho. Por isso, amiga, espero que voltes quando puderes e te apetecer.
    Bjs e votos de um excelente 2018
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Márcia! Foste uma das pessoas que mais gostei de "conhecer"! Eu já acompanhava o teu blog muito antes de imaginar sequer ter um! Depois o facto de seres uma Açoriana como eu ainda me cativou mais! E claro, as tuas receitas que eu adoro, que nunca falham e fazem sempre sucesso aqui por casa. Ainda não sei bem como vai ser. Preferia até nem ter de pensar nisso. Não gosto de publicar só quando o rei faz anos, e também não gosto de fazer pausas prolongadas, por isso talvez seja hora de terminar por aqui. Sei que isto me vai fazer muita falta, mas lá está, nunca devemos dizer nunca. Pode ser até que as coisas se proporcionem para eu continuar. O futuro o dirá! Obrigada por tudo! Um beijo enorme

      Eliminar
  8. Tens toda a razão, manter um blogue dá imenso trabalho, e não são poucas as vezes em que me debato com o tempo para fazer tudo o que quero. Porque sendo para fazer bem leva mesmo o seu tempo. E tu tendo a tua família compreendo perfeitamente o que dizes. No entanto, não posso deixar de dizer que foi de coração apertado que li as tuas palavras, gosto muito de vir aqui, ler as tuas receitas, ler os teus textos e ver as tuas fotografias que a cada post ficavam melhores.
    Espero sinceramente que um dia voltes a ter tempo para vir aqui nem que seja menos vezes que o habitual. Isto claro, sem sacrificares o tempo com a tua família ou a tua sanidade mental.
    Beijinhos e toda a sorte do mundo para ti e para a tua família. Feliz 2018, que ele estique para termos tempo para tudo o queremos fazer. ;)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é de facto um dos grandes problemas, quando temos pessoas que dependem de nós, onde é preciso cumprir horários e ter tempo para eles, tudo fica mais difícil. Mas para mim eles estão em primeiro lugar. Embora eu ache que devemos ter o nosso próprio escape, mas a partir do momento que esse escape nos roube mais tempo do que devia, há que encontrar equilíbrio. E como não gosto daquela coisa "para-arranca-para-arranca", sinto que o melhor mesmo é parar. Sabes minha querida Inês, quase me levavas às lágrimas depois de ler o teu comentário, sem dúvida que és uma das pessoas mais especiais que levo daqui. Espero que possamos continuar a manter contacto! Um grande beijinho e obrigada pela tua presença constante!

      Eliminar
    2. Compreendo tudo o que dizes e tens toda a razão. E claro que temos que manter contacto. Sempre que quiseres e tiveres um tempinho podes mandar email e eu farei o mesmo. Para falar contigo estarei sempre disponível, podemos considerar a troca de emails um novo hobby. :) Beijinhos grandes.

      Eliminar
  9. engraçado eu tambem ja estive para parar tudo por falta de tempo e ainda nao sei se tambem nao o va fazer pois agora que mudei de trabalho o tempo me é contado por isso nao tenho muito tempo para fazer as minhas receitas pois ja chego tarde a casa é o meu marido ou filho que fzem o comer mas bom de vez enquando la sou eu hehheeh ainda vou pensar pois tambem tenho um projecto de foto o que eu adoro pois ja ganhem duas vezes e que tambem nao quero deixar de lado e tambem tenho a minha Radio como vezs sao muitas coisas por isso é que posto so uma receita por semana mas mesmo assim nao é facil bem deixamos de falar de mim heheh olha amiga adorei ver as tuas receitas pois gostei muito do que vi e li te desejo tudo de bom na tua vida e se poderes posta uma recita nem que seja so uma vais ver que te vai fazer bem mil beijinhos e um feliz ano novo cheio de coisas boas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tramado quando temos de abdicar de algo que gostamos. Mas a vida é assim mesmo, nem sempre é como nós desejaríamos. Mas como eu costumo dizer, com saúde seja pois isso é o mais importante! Desejo-lhe tudo de bom e que tudo corra bem no seu novo trabalho! Beijinhos

      Eliminar
  10. Ohhhh Elisabete, que triste que fico, realmente já andava a estranhar a tua ausência, mas nunca que tivesse este fim.
    Espero que seja temporário, pois o teu blog era uma fonte de inspiração, cada receita uma maravilha, levei muitas dicas.
    Concordo plenamente quando dizes que dá muito trabalho em manter, sem dúvida, temos que ter tempo e fazer sempre algo diferente, caso contrário é mais um post e tu soubeste sempre dar essa diferença.
    Não tanto pelas visualizações, mas por tudo, porque nos dá gozo e pelas amizades virtuais que nos tocam e que se tornam por vezes possíveis os encontros, que são adoráveis.
    Agradeço-te imensamente pela tua disponibilidade sempre que eu tinha dúvidas, nunca me deixaste sem soluções, o meu muito obrigada.
    Beijinho muito grande e aparece sempre que te for possível, nunca te vou esquecer querida amiga virtual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh! Não mereço tantos elogios, mas agradeço do fundo do coração e nele tens um lugar cativo! Um grande beijinho

      Eliminar
  11. Quem não tem um blog não faz ideia do trabalhão que dá... percebo-te perfeitamente e respeito a tua decisão, seja ela qual for, mas fico com mesmo muita pena, este é um cantinho que visito sempre com muito gosto.
    Que seja então um bom ano, recheado de muita saúde e amor <3
    Beijinho
    Joana

    ResponderEliminar
  12. Olá, querida Elisabete!
    Vou sentir sua falta, gosto demais das tuas receitas aprendo muito contigo.
    Manter um blog não é fácil e pra quem tem criança fica mais complicado eu te
    entendo perfeitamente.
    A gente se apega aos blogs, eu fiz muitas amizades boas, algumas conheci pessoalmente, outras tenho contato por telefone.
    Saiba que tenho muito carinho e respeito por ti, tu vai fazer falta.


    Desejo a você a sua família um 2018 recheado de bençãos!
    Beijos no seu ♥ da sua amiga
    Andréa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Andréa, querida, fico de lágrima no olho! Os seus comentários foram sempre do mais generoso que existe! E adoro esse português com açúcar (como dizemos por aqui), dá até vontade de dançar samba! Você é mais uma das pessoas que guardarei com muito carinho! Um grande beijo

      Eliminar
  13. Não é nada fácil manter um blogue e todas as nossas outras mil e uma coisas que às vezes temos em mão. Eu também já ponderei mas gosto tanto de partilhar o que vou fazendo na minha cozinha... Não tem sido nada fácil com a gestão da Academia dos Curiosos e dos planos de estudo dos meus utentes...
    Tenta vir sempre que poderes. Cá te esperamos.

    Beijinhos e um bom ano,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/01/dia-de-reis-e-um-bolo-rei-de-nutella.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera poder continuar cá! A ver vamos o que o futuro reserva. Beijinhos

      Eliminar
  14. As festas foram boas; obrigada por ter perguntado. O seu blog é maravilhoso. Dá trabalho, mas deve continuar (mesmo que esporadicamente). Vou guardar sentir falta... desejo-lhe tudo de bom (do fundo do coração). Bjs Paulina

    ResponderEliminar
  15. Olá Elisabete, antes de mais quero desejar-lhe um excelente 2018, com tudo o que merece. Como eu compreendo as suas palavras!! É verdade um blogue dá bastante trabalho. Porque não nos basta escrever sobre um assunto, é necessário seleccionar a receitar, experimentar, provar, tirar fotografias, escrever o texto, escolher as fotos... e por ai fora. Eu com o inicio dos meus trabalhos de Doutoramento também tive que abrandar, porque manter várias publicações por semana é deveras impossível com pouco tempo livre. Fico triste com a sua notícia e espero que esta pausa seja apenas provisória e não definitiva embora concorde totalmente com o que referiu (existem prioridades). Os nossos blogues foram criados mais ou menos na mesma altura, por isso, considerei-a sempre uma "companheira desta luta". Tenho muita estima por si e pelo belíssimo trabalho que tem feito no blogue (e que certamente continuará a fazer). Vamos mantendo contacto pff!

    Grande beijinho

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Daniel, és também uma das pessoas que vou guardar com carinho, não só pelo facto do nosso blog ter sido criado mais ou menos na mesma altura como referes, mas também por seres um dos poucos elementos do sexo masculino que cá vem e que tem um blog que eu adoro! Manteremos contacto, fica prometido! Um grande abraço e um grande beijinho

      Eliminar
    2. Muito obrigado!! Que seja o início de uma longa amizade! grande beijinho e não desista de aparecer :P

      Eliminar
  16. Vim só mandar-te um beijinho, já cá tinha vindo ler a tua despedida e não te deixei um alô porque lá está, andamos sempre a correr. Faz a tua pausa e volta quando te apetecer. O que interessa mesmo é fazermos o que nos faz feliz, e se a pausa agora é importante para ti, é isso que deves fazer. bjs e até breve, que eu sei bem que não vais aguentar muito tempo :)

    ResponderEliminar
  17. Elisabete antes de mais um bom ano para ti! Eu compreendo bem o que dizes a acho que na vida temos mesmo de ter prioridades. Vou sentir falta de aqui vir, mas o importante, é que seja o melhor para ti.

    Beijinhos Ana

    ResponderEliminar
  18. Minha querida,
    dá sim muito trabalho... todo o processo, de não comer para tirar a foto primeiro, depois tirar as muitas fotos, depois colocar no computador! Escrever a receita.... O texto que vem com a receita e organizar tudo! Dá mesmo muito trabalho e eu acho que muita gente não entende isso mesmo!
    Mas também acho que tens uma paixão grande pela cozinha, e por tornar as coisas mais saudáveis e partilhar isso mesmo... por isso acho que vais conseguir arranjar um tempinho (pouco mas algum... o suficiente para partilhar de vez em quando com os que gostam de aqui vir e ler os teus textos!)
    Um grande beijinho querida e um óptimo ano!
    Até já! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atrevo-me a dizer que os blogs de receitas são dos mais exigentes de manter. Para mim foi um desafio que me deu muito gozo e me fez muito feliz! Beijinhos

      Eliminar
  19. Então, mas... oh :(
    Só vi agora o post - tenho andado com dias mais atarefados -, e foi uma pena. Claro que compreendo as razões, não é fácil inventar tempo para manter um blog, e só se consegue em detrimento de outras coisas que ficam por fazer, por vezes bem mais importantes. Nem sempre isso é o ideal. É uma pena para nós, mas espero que valha a pena para ti e que equilibres o teu tempo da melhor forma.
    E qualquer dia, se apetecer voltar, cá estaremos todos à espera :)

    Beijinho grande *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada na vida é eterno e o importante é que tenha valido a pena! Sem dúvida que valeu! Um beijinho

      Eliminar
  20. É com pena que leio este post. O teu blog é daqueles que faço questão de ler, fazes-me companhia aqui longe, sinto que tenho uma perna no meu país e nas ilhas de que tanto gosto. Espero que regresses rápido, o mundo da blogosfera sem ti não tem graça nenhuma!!!

    Beijinho!

    Catarina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vais ver que não vou deixar falta! Eu é que vou sentir falta de todos vós! Um grande beijinho

      Eliminar
  21. Olá Elisabete, agora sim, percebo. Fico mesmo com pena, porque este teu cantinho é daqueles autênticos que valem a pena visitar e experimentar receitas. Mas olha que até a nossa pausa neste nosso hobbie, é parecido. Eu, quando fiz uma pausa também me sentia assim, assoberbada de afazeres e não estava gostar de como eu estava a tratar o blog. Isto é uma coisa que tem de ser prazeirosa, mas que ao mesmo tempo exige atenção constante e rigor. A minha máquina fotográfica na altura também avariou e uma coisa levou à outra. Por isso entendo-te perfeitamente. E no entretanto, pode ser que reconsideres e de vez em quando vás passando por aqui. Beijinhos grandes e tudo de bom. Até breve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não creio, embora tenha pena de não poder manter e vá sentir muitas saudades. Mas foi uma experiência incrível e só tenho a agradecer a todos quantos me acompanharam ao longo deste percurso. Este cantinho foi muito importante, não só pelo facto de poder partilhar receitas, mas também porque foi um aliado na perda de peso. E sem dúvida pelas pessoas que isto me trouxe e que vou guardar com muito carinho! beijocas e obrigada!

      Eliminar

Grata por passarem pela minha cozinha!