Rubrica - Partilha o teu Testemunho - II

E cá estamos com um novo testemunho! Desta vez da Catarina do blog A Cozinha da Kinhas


"Chamo-me Catarina e sou a autora do blogue A Cozinha da Kinhas. Desde que me tornei adulta que o meu peso foi 63kg para 1.73 de altura. A dada altura da minha vida e por conta de medicação à base de cortisona engordei 10kg em 3 meses.
Foi o principio da batalha. Iniciei várias dietas que ao fim de 15 dias terminavam por falta de vontade da minha parte pois eram demasiado restritivas. Com estas dietas que fiz consegui emagrecer uns módicos 2kg  que teimaram em nunca baixar.
O tempo passou e decidi ser mãe. Na primeira consulta com o obstetra, fui alertada que dado estar muito perto do peso limite para a minha altura (máximo 73kg), não poderia engordar durante toda a gravidez mais que 10kg. Cheguei ao fim do tempo com 14kg a mais.
No primeiro mês após o parto fiquei felicíssima pois 10kg desapareceram e só faltavam 4kg. Como não tive peito para amamentar a minha filha decidi fazer novamente dieta. Erro grave meu. Além de não ter conseguido perder peso nenhum, ainda engordei mais. O corpo ainda não estava preparado para voltar ao normal e tinha verdadeiros ataques de fome antes de ir dormir. O resultado foi chegar aos 79.5kg e sem roupa para vestir.
Nove meses e uns dias depois de ser mãe, em conversa e lamento com o meu marido (a quem devo todo o incentivo para a perda de peso), disse-lhe que não era capaz de emagrecer. Que já não sabia mais o que fazer. Prometeu ajudar-me e começou a pesquisar fotografias na internet de pessoas que antes eram gordas e com boa alimentação tinham emagrecido. Durante mais de uma semana, mostrou-me todos os dias as fotos que encontrava e dizia: Se eles conseguiram, tu também consegues.
Água mole em pedra dura tanto bate até que fura, como diz o ditado, e o meu marido tanto batalhou comigo que num belo domingo de Abril de 2015 decidi que era hora de mudar de vida.
Na segunda feira seguinte, fui às compras e com uma lista enorme, comprei alimentos que nunca na vida tinha provado. A mudança começou aí.
Lembro-me que elaborei uma tabela com os principios básicos da alimentação saudável e começou logo pelo pequeno almoço. Se antes saia de casa com uma chávena de leite com café e uma fatia de pão com mais manteiga do que pão, passei a incluir além do leite com café, a fruta, o pão passou a ser escuro e a manteiga passou a ser pesada na balança de cozinha.
Passei a comer de 3 em 3 horas e a ter horas para almoçar (antes almoçava às 3 da tarde e era quando almoçava). Passei a fazer lanches mais saudáveis, onde entrava fruta e iogurtes e deixei os pacotes de bolachas inteiros.
Ao jantar, eliminei os hidratos de carbono, hábito que ainda hoje mantenho.
Durante algum tempo, tive um problema com a água. Bebia muito pouca, mas devagarinho passei a beber 1.5 litros. Não consigo beber mais do que esta quantidade ao dia pois antigamente passava dias inteiros sem beber uma gota de água que fosse. Aboli por completo os poucos sumos que bebia (nunca fui muito amante de sumos de compra). De manha, não dispenso, o sumo de uma laranja espremida na hora.
Passei a comer legumes diariamente, frutos secos passaram a fazer parte do menu diário, carnes magras e muito peixe são as minhas escolhas para almoços e jantares, deixei de comer pão branco(como sempre o mais escuro que consigo encontrar) e como sempre num prato de sobremesa as minhas refeições principais.
Faço 1-2 refeições asneira por semana pois é essencial para me manter focada.
O caminho é longo, é duro e não é fácil. Emagreci à razão de 1kg por semana. Nesse tempo, fui de férias e o peso estagnou mas não desisti de continuar. Ainda me foquei mais e voltei a baixar o peso.
Durante 5 meses passei de 79.5kg para 59.5kg (peso que ainda hoje mantenho). Quando atingi este peso decidi estabilizar e aí sim, a verdadeira batalha começa pois saber manter é o mais complicado.
A única alteração que fiz foi aumentar ligeiramente a dose de hidratos que como no almoço (na vez de 2 colheres de sopa de arroz como 3 por exemplo). Foi assim que consegui manter o peso.
Enquanto estive a emagrecer, não fiz exercicio fisico nenhum. O meu trabalho é pesado e chegava a casa esgotada.
Para manter, tento fazer caminhadas (a vida pessoal não chega para mais) 3-4 vezes à semana.
Desde Setembro (altura que terminei a perda de peso), que ajudo algumas pessoas através de um grupo no facebook a conseguirem emagrecer tal como eu consegui, e posso dizer que já obtive resultados com grande parte dos membros.
O conselho que dou a quem quer iniciar esta jornada, é que se mentalizem que realmente querem muito. Não cedam às tentações e façam boas escolhas.
A reeducação alimentar é para a vida toda. As dietas começam e acabam."




Obrigada Catarina! E já sabem, se lhe quiserem colocar alguma questão basta fazê-lo preenchendo a caixa dos comentários abaixo!

35 comentários:

  1. Identifiquei-me muito com a Catarina quando ela diz que começava uma dieta e depois desistia ao fim de 15 dias por ser muito restritiva e (acrescento eu, muito sem graça). A mudança de hábitos alimentares e a troca/substituição de certos alimentos por uma versão mais saudável parece-me muito mais vantajosa e os resultados da Catarina estão à vista.Muitos parabéns Catarina por este testemunho inspirador e parabéns também Elisabete por esta rubrica.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que eu não tenho dúvidas nenhumas de que esse é o melhor caminho a seguir. Optar por uma alimentação mais saudável e equilibrada em vez de fazer dietas. Acho que é por isso que muitas pessoas querem emagrecer e depois não conseguem, porque ninguém aguenta. E fazer uma alimentação saudável não é assim tão complicado como se possa pensar. E no fim fará toda a diferença. beijinhos

      Eliminar
    2. Querida Márcia! Muito obrigada pelas tuas palavras! Beijinho

      Eliminar
    3. Já agora: como se chama o teu grupo do Facebook? Quem sabe não me serves de inspiração também? Bjs.

      Eliminar
    4. Querida Márcia como somos amigas no face vou-te adicionar. O grupo é secreto ;)

      Eliminar
  2. Eu também já tive vários problemas com a balança, por ter peso a mais, já sofri de anorexia em adolescente. Estive a uma semana se ser internada. É sempre algo que deixa marcas e é preciso estar atenta para não voltar ao mesmo. Penso honestamente que a última frase deste testemunho é o verdadeiro ensinamento. Eu hoje em dia como de tudo um pouco, sou bem gulosa como é sabido mas tento manter o equilíbrio.

    Beijinhos Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, desde que saibamos manter o equilíbrio podemos comer de tudo! É isso também que tento transmitir com as minhas receitas, porque à primeira vista parecem receitas normalíssimas! E na verdade são, simplesmente são é feitas de forma mais saudável! Não temos de deixar de comer nada do que gostamos! beijinhos

      Eliminar
    2. Olá Ana! Muito obrigada pelas tuas palavras! Beijinho!

      Eliminar
  3. Muitos parabéns pela persistência.
    Bjs

    Lua

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Catarina está mesmo de parabéns! beijinhos

      Eliminar
  4. Felizmente nunca tive problemas de peso mas mesmo assim tento manter uma alimentação saudável.
    Estas de parabéns Catarina e continua assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida São! Muito obrigada pelo apoio!! Beijinho

      Eliminar
    2. Querida Elisabete! Acredito no destino e que não há coincidencias! Hoje, logo hoje que o meu grupo celebra 1 ano, publicaste o meu testemunho. Agradeço a ti e a todas as meninas que comentaram o carinho e apoio! Espero que com o meu testemunho consiga ajudar muito mais gente (além do meu grupo) a conseguirem chegar aos objectivos. Caímos no caminho? Levantamos e seguimos em frente! Andar para trás ou desistir é que Não!! Beijinhos e muita sorte para o teu blogue e para esta tua rubrica!!

      Eliminar
    3. Que feliz coincidência, embora eu também não acredite muito em coincidências, acho que há coisas que não acontecem por acaso! Como diz o meu marido, o que tem de ser tem de ser, e o que tem de ser tem muita força! Fiquei tão feliz por saber que publiquei o teu testemunho num dia tão especial! Muitos parabéns pelo primeiro aniversário do teu grupo! E obrigada do fundo do coração por teres participado nesta rubrica! Todos os testemunhos são muito importantes! Beijinho grande

      Eliminar
    4. Eu é que agradeço a oportunidade que me foi dada! Muitos beijinhos!

      Eliminar
  5. Olá, Elisabete!
    A Catarina tem uma altura ótima, agora com a reeducação alimentar e atividades
    físicas ela vai ficar ainda mais linda e disposta.
    Fazer dietas exige sacrifícios porém vale a pena.
    Parabéns Catarina, tudo de bom pra ti!

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale mesmo a pena! Custa mas depois é algo que não tem preço! Beijinhos

      Eliminar
    2. Querida Andrea! Muito obrigada pelo apoio! Agora um ano depois de saber manter o peso foi hora de construir o corpo que desejo. Serà um novo caminho a percorrer mas tenho a certeza que serei bem sucedida! Beijos

      Eliminar
  6. Precisei de fazer dieta, não pelo peso mas sim por causa da anemia que tenho. Melhorei em muito na escolha daquilo que como, mais verduras, mais legumes, e um sumo de laranja ao pequeno almoço. e algumas caminhadas. Precisava de mais mudanças mas como sempre a falta de tempo e o ter uma filha que é esquisita com a alimentação, servem de desculpa...
    P.s. O doce é uma receita feita na bimby e chamasse doce de aproveitamentos pois serve para aproveitar o limão que sobra da limonada, duas peças de fruta que andem perdidas na fruteira e 250g de cenouras e 700g (500g de açucar para mim chegou) Aqui tudo se aproveita :) Beijinhos boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a alimentação saudável não é só para quem quer perder peso, é também para quem tem problemas de saúde e para quem quer preveni-los!
      É verdade, tudo se aproveita, aqui também é assim! Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá Pinta Roxa! Nao desanimes antes de começares. se interiorizares que realmente queres mesmo tu consegues!

      Eliminar
  7. Respostas
    1. É um bom exemplo a seguir! Beijinhos

      Eliminar
    2. Obrigada pelo apoio!! Nao desista antes de tentar! Quando queremos algo mesmo muito conseguimos!

      Eliminar
  8. Muitos parabéns Catarina, emagrecer custa muito e adquirir novos hábitos nem sempre é fácil mas com foco e determinação (como em tudo na vida) conseguimos. E, tal como dizes, a batalha nunca termina porque depois é conseguir manter o peso sem grandes oscilações. Mas o prazer de vermos a roupa a deixar de servir por estar demasiado larga e os comentários de quem nos rodeia (que geralmente notam primeiro as diferenças no nosso corpo) dão um ânimo extra sensacional :)
    Beijinhos...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo a 100℅! No início não é fácil mas depois compensa! E é verdade, levamos muito mais tempo a perceber que perdemos tanto peso! Hoje foi o meu aniversário e como é da praxe tirámos fotos e só depois de ver essas fotos é que percebi o quão mais magra estou! E acredito que aconteça o mesmo com as outras pessoas que perdem peso! Mas sabe tão bem olhar e ver que o nosso esforço compensou! Beijinhos

      Eliminar
    2. Obrigada Carla!! Sem dúvida que o meu maior prazer foi vestir roupa que esteve guardada pelo menos uns 4-5 anos porque não servia ou estava justa demais e agora servir na perfeição! E ver pessoas chegadas a quererem seguir o meu exemplo enche-me de orgulho. Agora a fase a que me propus foi tonificar. A ver como vai correr!

      Eliminar
  9. Que inspiração fantástica! Todas as pessoas que pretendem iniciar uma alimentação saudável destinada à perda de peso deviam ler testemunhos assim. É motivador para toda a gente saber que uma pessoa conseguiu perder peso tendo sido mãe, tendo um trabalho pesado e depois de várias tentativas de dietas sem resultado. A mudança de alimentação que o texto descreve não é de todo fácil de atingir depois de anos de hábitos alimentares errados, por isso a Catarina está mesmo de parabéns, se teve tanto sucesso foi porque se esforçou mesmo muito! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Avelã, é preciso muito esforço mas com determinação e força de vontade tudo se consegue e a Catarina é exemplo disso! beijinhos

      Eliminar
    2. Querida Avelã, muito obrigada pelas tuas palavras. Sou uma fiel seguidora tua pelas redes sociais (mesmo sem fazer like ou comentar), tudo o que publicas de saudável é partilhado no meu grupo e garanto-te que as minhas pupilas fazem sempre as tuas receitas (e eu tb claro). o esforço é diário mas há sempre os mimos da refeição livre que me chamam à razao pela qual eu consegui atingir a minha meta. E é nesse foco que vivo diariamente. beijinho

      Eliminar
  10. Olá Catarina... Quero dar-te os parabéns pela tua perda de peso. Acho muito corajoso da vossa parte partilharem estes testemunhos. É uma rúbrica que tenho gostado muito de acompanhar. Eu própria perdi peso mas fiz uma dieta tão rigorosa que perder peso foi uma experiência muito traumática para mim, de tal modo que ainda hoje me custa falar disso. Hoje penso e vejo que a melhor dieta tinha sido uma reeducação alimentar como tu fizeste e não uma dieta tão severa. Se calhar tinha demorado mais tempo a perder peso mas teria sido mais feliz. Gostava de te colocar uma questão. Reparei em em cima disseste não ter feito exercício e falaste em tonificar agora para ficares com o corpo que desejas. Uma vez que já passaste pela experiência de emagrecer não achas que teria sido melhor fazer a dieta e o exercício ao mesmo tempo? Achas que poderia ter ajudado a emagrecer de forma mais rápida e eficaz e a deixar-te simultaneamente com o corpo que desejas? desculpa a pergunta mas fiquei muito curiosa. obrigada.
    Joana Simões

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário!

      Eliminar
    2. Olà Joana! Antes de mais obrigada pelas tuas palavras!
      Agora que se passou 1 ano e meio do inicio da caminhada, vejo que com o exercicio talvez tivesse sido ainda mais facil. Na altura era praticamente impossivel praticar exercicio pois o meu trabalho era e é esgotante. O senao da altura é que a minha filha era muito pequenina e o meu tempo em casa era dedicado a ela quase a 100%. Entretanto jà foi crescendo e eu consegui reestruturar os meus horarios.
      Felizmente nao fiquei com pele flacida nem nada que se pareça e ganho musculo com facilidade. Por isso decidi que era hora de aprender a tonificar. Mas se agora ha coisa que recomendo a quem quer emagrecer é que nao se foquem só na comida mas tb na actividade fisica.

      Eliminar

Grata por passarem pela minha cozinha!