Tarte de Abóbora























Participei na rubrica da Marta deste mês com duas propostas salgadas (aqui e aqui). E porque não trazer também um doce para a sua mesa?! (eu juro que não quero a mesa só para mim) Mas já sabem que nesta minha cozinha só entram propostas saudáveis! Não significa que eu não faça nem coma um doce calórico de vez em quando, mas por norma tento fazer tudo o mais saudável possível, até porque o processo de perda de peso ainda não terminou. Um dos objetivos do meu blog é desmistificar aquela ideia (errada) de que quem está de dieta só come coisas esquisitas, pouco apelativas e pouco saborosas. É perfeitamente possível continuar a comer de tudo. Acho que aos olhos esta tarte não indica ser saudável, parece uma tarte normalíssima! A diferença está na escolha de ingredientes e no sabor. Não é uma tarte tão doce quanto as normais, no então não deixa de ser saborosa! E é mesmo só para apreciadores de abóbora! Quanto à avalanche de fotos, desculpem-me mas teve de ser! As minhas fotos são sempre uma miséria e desta vez esforcei-me ao máximo para fazer umas fotos bonitas pois a Marta merece! Não ficaram nada do outro mundo, mas sinto-me satisfeita e orgulhosa com o resultado! O problema é que tirei tantas que depois não sabia quais escolher! Por isso deixo ao critério dela a escolha da foto que irá aparecer no seu desfile de receitas!


Tarte de Abóbora:

Base:
150gr de farinha de trigo integral;
50gr de farinha de amêndoa;
5 colheres de sopa de azeite;
1 colher de sobremesa de mel;
uma pitada de sal;
5 colheres de sopa de água gelada;


Recheio:
1 lata de leite de coco (400ml);
1 medida da lata de leite de coco de abóbora cozida em puré (400ml);
2 colheres de sopa de melaço de cana;
2 colheres de sopa de mel;
4 ovos;
1 colher de café de canela em pó;
meia colher de café de noz-moscada em pó;

Prepara-se a base colocando num processador a farinha, a amêndoa, o azeite, o mel e a pitada de sal. Tritura-se bem. Por fim junta-se a água e tritura-se novamente (vai ficar uma espécie de areia grossa). Retira-se, forma-se um disco, envolve-se em película aderente e vai ao frio meia hora. Retira-se, estende-se e forra-se a tarteira (estendi em cima de papel vegetal e deixei a massa ir para dentro da forma no papel. Entretanto prepara-se o recheio colocando numa taça os ovos com o melaço e o mel. Bate-se com a batedeira até ganhar algum volume. Junta-se o leite de coco, a abóbora e as especiarias. Bate-se mais um pouco. Verte-se na tarteira e vai ao forno cerca de 45 a 60 minutos. Retira-se, deixa-se arrefecer e decora-se com coco ralado ligeiramente tostado e nozes.

Nota: a massa quebra um pouco, o que torna o processo de estender um pouco difícil mas com paciência vai ao sítio!

Rende 10 fatias

56 comentários:

  1. Que linda tarte!! E quanto às fotos, excelentes! Sim porque acredito piamente que os olhos também comem e com este bom aspecto apetece logo cortar uma fatia generosa!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Joana! É bem verdade, os olhos também comem! Beijinhos

      Eliminar
  2. Ficou tão linda, nunca comi tarte de abóbora mas tenho a certeza que ia gostar da tua.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta não é muito doce e tem um sabor intenso a abóbora, é mesmo só para quem gosta muito de abóbora! beijinhos

      Eliminar
  3. Eu tenho ficado rendida a propostas alternativas de doces. Tinha muito o pé atrás, até começar a provar e a ficar rendida! Acho que a tua tarte tem um aspecto espectacular! É muito complicado escolher fotos, pelo menos para mim é, quando gosto de várias, acho que resolveste bem a questão!! :)

    Beijinhos Ana
    http://acasinhadasbolachas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A abóbora fica ótima em doces! Quando tenho essa dificuldade lá vem um chuva de fotos, como foi hoje! beijinhos

      Eliminar
  4. Vou levar a sugestão!
    Adoro abóbora e o aspeto é delcioso!!!

    Boa semana e bj amigo!
    Se gosta de dióspiro ... experimente:

    http://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2016/10/pudim-de-diospiro.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou já espreitar pois nunca comi pudim de dióspiro! beijinhos

      Eliminar
  5. Gosto imenso de receitas com abóbora , de tartes inclusive. Esta ficou linda ( tens toda a razão por estares orgulhosa das fotos) e os ingredientes são surpreendentes.Nunca tinha usado melaço na tarte de abóbora e fiquei bem curiosa. A própria base também parece deliciosa.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para uma tarte saudável ficou bem boa! beijinhos

      Eliminar
  6. A tarte ficou fantástica e deliciosa certamente!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  7. Ficou mesmo bonita! ;)
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Elisabete querida,
    Essa tarte além de linda é feita com ingredientes saudáveis, as fotos
    estão maravilhosa, tudo perfeitos parabéns!

    Quanto a farinha de castanha de caju, você pode utilizar a farinha de qualquer
    outra castanha que seja mais fácil de se encontrar.

    Beijinhos, ótima semana ♥

    ResponderEliminar
  9. Que tarte tão bonita! E aposto que saborosa, ando encantada com a abóbora nos doces =)

    Um beijinho,
    Marisa (https://docesobreamesa.blogspot.pt/)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma tarte pouco doce mas saborosa! E saudável! beijinhos

      Eliminar
  10. que bela tarte, ficou bem bonita e daquelas tartes bem apetitosas que só apetece comer.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de ser pouco doce é ótima para apreciadores de abóbora! beijinhos

      Eliminar
  11. Adorei...está com um aspecto delicioso!! Dá vontade me meter o garfo, a combinação de ingredientes deixa-me de água na boca! :D

    As fotografias estão muito bem e bonitas. Mostram o essencial da receita, que é a tarte estar muito apelativa e (deve ser) bastante saborosa :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  12. Bem Elisabete, que delícia. Apetece dar muitas trincas.... :)
    Fiquei com água na boca, acredita. Adorei.
    Beijinho

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  13. Bem estas fotografias estão assim qualquer coisa! Parabéns! :)
    Eu sou péssima com fotos, estive uns minutos só mesmo a deliciar-me a contempla-las.
    Achei curiosa a base só com farinha integral, no entanto deve ser um todo bem interessante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, és uma querida! Eu sou péssima a fotografar comida. Posso ter jeito para muita coisa mas para fotografar pratos não tenho mesmo. Adoro cozinhar mas quando chega à parte das fotos é que a casa vem abaixo! No entanto tenho-me esforçado para que pelo menos fiquem nítidas, coisa que com a minha velhinha máquina também já começa a ser difícil. Mas cá se vai fazendo o que se pode! A base fica muito boa e acho que ficará também fantástica em salgados! Beijinhos

      Eliminar
  14. Tenho que começar por te dar os parabéns pelas fotos, estão mesmo um espectáculo! :D
    Quanto à tarde tem um aspecto mesmo guloso, dá logo vontade de provar e sendo saudável é então perfeita! :D Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Simpatia tua! Mas admito que sabe bem ouvir uns elogios! Heheheh! Apesar de ser muito pouco doce, quem provou gostou! Acho que dois dias depois ainda estava melhor! Beijinhos

      Eliminar
  15. Oi Elisabete!
    Simplesmente maravilhosa a sua torta. Com esses ingredientes que eu amo, certamente eu me deliciaria com várias fatias dela. kkkk
    Bjssss amiga

    ResponderEliminar
  16. Primeiro que nada, parabéns pelas fotos, estão realmente bonitas. Segundo, obrigada pela partilha desta receita que parece magnifica! Eu adoro tartes e esta está com um aspeto tão guloso e lindo!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Minha querida Elisabete,
    que tarte linda, linda!! Tu és mesmo uma querida! E as fotos estão lindas! Não sejas modesta porque estão!
    Nesta tarte juntas dois ingredientes que adoro, o coco e abóbora, e sei que funcionam muito bem os dois juntos, que também já os conjuguei num bolo e gostei mesmo muito. A crosta da tarte ficou perfeita! lisinha e sedosa...que maravilha. E esse interior não desmente a cremosidade!
    Se tudo isto não bastasse temos uma receita, ainda que doce, numa versão muito saudável! Podia lá ser melhor?! Claro que não!
    Obrigado minha querida, este mês a nossa mesa está um absoluto deslumbre, só possível com a vossa dedicação e carinho!!
    Beijo do tamanho dos oceanos
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As fotos não estão uma perfeição, até porque sou uma leiga nisto de fotografar comida, mas acho que ficaram bonitinhas, bem melhor do que aquilo que habitualmente faço. Superei-me e isso é muito importante para mim. Fiquei muito contente, e algo surpreendida até, que umas simples folhas verdes tenham logo dado outro ar à coisa! Eu queria usar folhas secas, mas naquele dia estava uma ventania enorme que não consegui recolher nenhumas, então fui à árvore do vizinho roubar esse ramo! Há males que vêm por bem e ainda bem que estava vento pois o verde deu um ar mais colorido às fotos! A crosta estava tão perfeitinha, sem rachas e com uma cor tão bonita que quis tirar algumas fotos antes de a decorar! Todos os que viram a tarte perguntaram se era de chocolate por causa da cor da crosta! Obviamente não é a melhor tarte de abóbora por não ser bem doce como é habitual, mas para quem está de regime e procura uma receita saudável que possa comer sem culpas esta está no ponto! Foi um gosto participar na rubrica deste mês, como é sempre, mas deu-me muito gozo fazer estas receitas com abóbora! Como não sei que ingrediente nos reserva o mês de Novembro, e como daqui em diante o meu tempo vai ficar muito limitado, não sei se conseguirei participar nas próximas rubricas e por isso quis fazer mais do que uma receita para o mês da Abóbora! Um grande beijinho

      Eliminar
    2. Tu já foste espreitar as fotos das minhas primeiras receitas publicadas?... vai lá e depois diz-me se parece que foram feitas pela mesma pessoa ;)
      Por vezes um pequeno pormenor, com o ramo que utilizaste, fazem toda a diferença numa foto. Acrescenta cor, textura, pormenor, e cria uma envolvência.
      A crosta da tarte ficou realmente linda, e facilmente passaria ao primeiro olhar por uma tarte de chocolate sim.
      O ingrediente de novembro julgo que não vai ser surpresa... mas tudo a seu tempo ;)
      BEIJOSSSS
      Marta

      Eliminar
    3. Vamos ver! Espero conseguir participar! beijinhos

      Eliminar
  18. deve ficar deliciosaaa :p
    bjs
    Carla

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei, e os outros dois provadores gostam muito de abóbora e por isso também gostaram! Não é muito doce, mas acho que os doces também não têm sempre de ser exageradamente doces! beijinhos

      Eliminar
  19. Adoro tartes de abóbora e mais não digo :D
    Beijinhos ...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
  20. Olá! :) :D
    Repetindo... ehehe
    Eu gostei muito da receita de cima mas esta prendeu-me. Com estas fotos maravilhosas. A tarte está perfeita. A fatia está alta como eu gosto. Quero fazer uma receita com abóbora porque nunca fiz. E agora fiquei inspirada! :)
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Eu e os toch screen temos muitas desavenças...! Eu também gosto das tartes com o recheio bem alto! Beijinhos

      Eliminar
  21. Uauuuu que linda e apetitosa ficou. Acho que até me babei para cima do pc ;) :D
    Beijinhos
    Cláudia Ralha
    http://www.oprazerdacozinha.com

    ResponderEliminar
  22. Que aspecto maravilhoso!!!!

    ResponderEliminar
  23. Uiii...isso não é super hipe mega doce??? Tem um aspecto...de quem atira a dieta para um canto bem escuro!

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tendo em conta que as tartes "normais" muitas vezes levam uma lata de leite condensado e outras levam meio quilo de açúcar, esta leva apenas 2 colheres de mel e 2 de melaço, é portanto bastante inofensiva e está mais do que permitida na dieta! É assim, as coisas saudáveis também têm bom aspeto! Beijinhos

      Eliminar
  24. Até podia falar do aspecto maravilhoso da tarte... Mas não vou! :-) Até porque cá em casa não somos dados à abóbora. Mas reparei e muitoooo nesse teu bule em barro pintado??? Parece-me... Acho-o lindo! Adoro essas louças antigas. Beijinhos :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém ainda tinha reparado no meu bule!! É sim senhora, um bule de barro pintado! É das minhas peças favoritas! Cada vez gosto mais destas peças antigas! beijinhos

      Eliminar
  25. Respostas
    1. É pouco doce mas tem um sabor muito agradável a abóbora e especiarias! Beijinhos

      Eliminar
  26. Eu participei ontem com uma tarte de abóbora e nem reparei que tinhas participado com a mesma receita! Se tivesse visto inspirava-me na tua :) Parece tão boa, assim brilhante e cremosa! Sempre pensei que fosse difícil fazer uma tarte de abóbora saudável e boa, mas acho que nada é impossível nesta coisa das adaptações :D
    Adorei as fotos, estão muito giras e não invejo nada a Marta, escolher entre elas vai ser difícil :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se há coisa que percebi desde que comecei a minha reeducação alimentar é que tudo é possível de transformar em algo saudável, bonito, apetitoso e saboroso! beijinhos

      Eliminar
  27. Só tenho uma coisa a dizer: fiquei a salivar!!! :D :D :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Se porventura vires este comentário, deixa-me dizer-te que acompanho diariamente o teu cantinho e nunca comento porque não consigo. Aliás, infelizmente não consigo comentar nenhum blog que tenha a caixa dos comentários do google +. Mas vejo tudo e trago de lá imensas receitas! Adoro! Beijinhos

      Eliminar

Grata por passarem pela minha cozinha!